Férias Porto Santo

No ano passado, as férias de Verão foram passadas na ilha do Porto Santo.

Praia, praia e mais praia, um dos grandes motivos de interesse da ilha..não sendo o único, mas seguramente o principal.

Esta praia de areia fina e dourada banhada por águas turquesa que se estende ao longo de 9 km, convida a muitos banhos de sol e de mar.

Saúde e bem-estar andam de mãos dadas nesta magnífica praia, dado que, para além das águas translúcidas, a areia possui propriedades terapêuticas raras. É muito suave, leve e pouco abrasiva, e é composta principalmente por carbonato de cálcio, sob forma de calcite, que lhe confere propriedades térmicas muito particulares.

As suas qualidades terapêuticas atraem à ilha, todos os anos, várias pessoas com problemas dos foros ortopédicos e reumático. A água do mar, rica em cálcio, iodo e magnésio, elemento ideal para recuperar da falta de sais minerais causados pelo stress e pela fadiga, constituem outros motivos que tornam este destino tão único.

Este pequeno paraíso fica situado no oceano Atlântico, no extremo sudoeste europeu, a apenas 500 km da costa africana, e a uma hora e meia de voo da cidade de Lisboa.

O Porto Santo constitui a segunda maior ilha da Região Autónoma da Madeira. Com uma área de 42,48 km² e com sede na cidade de Vila Baleira, o Porto Santo constitui também um município português.

Geologicamente, a ilha apresenta alguns picos, sobretudo a norte, sendo o Pico do Facho (517 m) o ponto de maior altitude.

Um pouco de História (só mesmo um pouquinho :))

Descoberta em 1418 pelos navegadores portugueses, a ilha do Porto Santo foi o primeiro descobrimento português realizado no século XV. Aqui se deu início à grande epopeia dos Descobrimentos pelo Infante D. Henrique.

Anos mais tarde, Cristóvão Colombo, passou algum tempo na ilha a preparar a viagem da Descoberta da América.

O Porto Santo sofreu durante décadas os efeitos combinados de extrema pobreza agrícola, devido à escassez de água, e dos prejuízos dos assaltos dos piratas. A esta conjuntura juntou-se a progressiva escassez de terra arável, em consequência da erosão e do avanço das areias e também das precárias condições de saúde na época.

Esta ilha era farta em alguns recursos naturais como o ‘sangue de dragão’ proveniente do Dragoeiro (dracaena draco), que era muito usado na tinturaria e curtumes.

Outros recursos naturais muito importantes foram a cal, o barro, o sal, a pesca e a praia.

Clima

O clima da ilha do Porto Santo é seco e estável, com pouca variação térmica entre as estações, pelo que é normal fazer praia durante todo o ano. A praia é banhada por um mar de águas calmas e cristalinas.

Nos meses de verão a temperatura média da água do mar é amena, entre 24ºC e 25ºC,  J tal como no fim da primavera e inícios de outono. Para as restantes estações do ano, em que a temperatura da água é agradável, há variação de um a dois graus para mais fria do que no período de verão.

 

Pontos de Interesse

O meu preferido: Praia da Calheta.

            

 

Além da praia, a cidade de Vila Baleira conta histórias e lendas de um passado mais ou menos remoto, como é o caso da Casa Museu onde em tempos viveu Cristóvão Colombo.

Pico Ana Ferreira

Com cerca de 283 metros acima do nível do mar, o Pico Ana Ferreira é o ponto mais alto da parte ocidental da ilha. No seu pico desenvolve-se um espectacular conjunto de colunas prismáticas, conhecido como ‘piano’, causadas pelas actividades vulcânicas há milhares de anos atrás. Abaixo deste Pico, estende-se o Campo de Golfe e a praia. É relativamente simples subir a pé e existe um percurso para viaturas 4×4 até ao topo.

 

 

A beleza primitiva das paisagens encanta todos os que decidem passear e/ou pedalar através dos atalhos e caminhos da ilha.

Pico do Castelo

Miradouro das Flores

Morenos

 

 

Quinta das Palmeiras

Quinta das Palmeiras é um mini-zoo e mini-jardim botânico que oferece aos seus visitantes algumas espécies ornitológicas e uma variedade de plantas luxuriantes numa área coberta de 5380 m2.

Esta Quinta gera uma repentina mancha de verde numa zona seca a oeste do aeroporto, e resulta da visão de Carlos Alfonso, e de 15 anos de trabalho árduo. O jardim foi desenhado e plantado por Alfonso.

Este oásis oferece um refúgio de sombra com rosas, foguetes, hibiscos e daturas em grande quantidade. Aqui poderá encontrar cisnes a nadar à volta de um fontenário, pombos arrulhos, papagaios deslumbrantes e todo o tipo de outros pássaros.

 

 

 

 

 

Link para horários e informações úteis da Quinta das Palmeiras AQUI

 

Marina do Porto Santo

 

Campos de Golfe

Além destes pontos de interesse, existem outras a ter em conta, principalmente para quem é aficionado da natureza, a começar pelas actividades relacionadas com o mar, como por exemplo: o mergulho, Surf, Windsurf e Kitesurf e Padle.

Actividades como excursões turísticas e 4WD, ATV e Excursões Todo-o-Terreno também estão disponíveis para espíritos mais aventureiros.

É um local ideal para descansar e recuperar forças, diria que é um destino familiar, calmo, pequeno e munido com os serviços que se esperam num destino de férias.

Para mais informações sobre este pequeno paraíso, ver este link

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

comments

Comentários:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.