Mapa Nova Iorque

O tempo escasseia (o tempo, esse malvado que teima em não esperar por nós e andamos sempre atrás dele), mas hoje retomo um dos meus passatempos preferidos, pesquisar sobre o mundo, este maravilhoso mundo com tanto para dar e muitas vezes negligenciado.

Antes de uma viagem, gosto de pesquisar e saber tanto quanto possível do local a visitar. Na minha opinião, só deste modo faz sentido investir numa viagem – conseguir ter um olhar atento sobre a realidade a explorar.

Uma coisa é ver, outra (a minha favorita) é OLHAR.

Ver é inerente, faz parte da nossa visão, vemos apenas porque vemos, mas o OLHAR, esse sim é mágico.

O ver é imediato, é frio, quase sem interesse, não provoca atitudes, mas o OLHAR, esse sim, obriga-nos a mergulhar em nós próprios, a pensar, a meditar, a confrontar os nossos sentimentos, mexe connosco, com aquele EU que muitas vezes está escondido, mas sabemos que esteve sempre lá (quem queremos enganar?!).

OLHAR provoca sentimentos.

E lá está, já divaguei o suficiente J, e agora vamos falar sobre o quê? Sim, Nova Iorque, aquela paixão antiga, e tal como Portugal e Angola estão destinados a ficar juntos, eu e Nova Iorque também (quase a mesma coisa, eu sei ;))

E vamos ficar juntas em Junho, por breves dias mas com momentos intensos (I hope so).

Mas como é Nova Iorque?

Nova Iorque é um estado dos Estados Unidos, é o maior centro financeiro e comercial do país com uma população que, de acordo com o Censo dos Estados Unidos de 2010, atinge 8.175.133 habitantes, distribuídos numa área de apenas 784 km², o que corresponde sensivelmente à uma densidade populacional de 10430 habitantes por Km2.

Nova Iorque é composta por cinco distritos chamados oficialmente de boroughs: Manhattan, Brooklyn, Queens, Bronx e Staten Island.

 

Mapa Nova Iorque

 

Manhattan

O mais famoso é Manhattan, que acaba tomando 80% do tempo da viagem da maioria das pessoas. Manhattan é uma ilha alongada delimitada pelos rios Hudson (a oeste), East (a leste) e Harlem (a norte). As dimensões da ilha são 21,7 km de longitude por 3,7 km de largura.

  • Lower Manhattan: É a parte mais meridional da ilha de Manhattan e o ponto onde começou Nova Iorque. Nesta zona encontramos o distrito financeiro da cidade e os distintos órgãos de governo. Lower Manhattan abrange desde o sul da ilha até a rua 14.
  • Midtown Manhattan: Estende-se desde a rua 14 até a 59  (extremo sul do Central Park) e concentra o maior número de arranha-céus, incluindo o famoso Empire State Building.
  • Upper Manhattan: De forma geral, se pode dizer que a parte alta de Manhattan começa no Central Park (ver artigo) e termina na rua 96. Na parte oeste, esta região vai mais para cima para incluir em seus domínios a Universidade de Columbia e a Catedral Saint John the Divine.
  • Harlem: Esta região começa quando termina o Upper Manhattan e acaba na rua 155. A rua mais importante é talvez a 125, onde está o famoso Teatro Apollo.
  • Washington Heights: Esta parte de Manhattan vai do norte da ilha (rua 220) até o Harlem. O seu nome vem de Fort Washington, uma fortaleza do século XVIII para proteger a região das forças britânicas.

O que ver em Manhattan? A explorar num próximo artigo.

Brooklyn

Conforme se cruza a Ponte de Brooklyn de Manhattan chegamos a este distrito histórico onde viveram personagens tão famosas como Truman Capote. É recomendável conhecer as ruas dos arredores da Henry Street e percorrer seu passeio junto ao rio East, de onde se tem as melhores vistas de Manhattan.

Prospect Park: Um aspecto mais selvagem que o do Central Park faz com que este parque seja o favorito de muitos nova-iorquinos. É o segundo maior parque da cidade.

Vista Brooklyn desde South Street Seaport

 

Brooklyn Museum of Art: É o segundo maior museu de Nova York e abriga importantes coleções de arte africana, incluindo Egito; da América Central e do Sul. Além das vistas, ao sul do Brooklyn se encontra a famosa praia e o parque de diversão de Conney Island.

Em jeito de curiosidade, Brooklyn foi o lugar do nascimento de famosos artistas, como Barbara Streisand, Eddie Murphy, Cyndi Lauper, Jennifer Connelly e Woody Allen. Entre os atletas mais famosos vale a pena mencionar Michael Jordan e Mike Tyson.

Queens

 Queens é o maior “borough” de Nova York. Nele convivem 150 culturas; nesta região estão os aeroportos JFK e LaGuardia).

Desde a instalação temporal do MoMA durante sua renovação entre 2002 e 2004 e da inauguração do P.S.1 Contemporary Art Center, a região incrementou seu valor turístico, especialmente para os amantes de arte.

Musicalmente falando, o Queens é o berço do Jazz (Louis Armstrong se estabeleceu na região em meados do século XX) e, junto com o Bronx, é um dos principais focos do rap e do hip hop.

Além do museu P.S.1 Contemporary Art Center (também chamado de MoMA PS1), no Queens podemos visitar o American Museum of the Moving Image (dedicado ao cinema e à televisão, contém mais de 125.000 objetos) e a Bowne House, a casa mais antiga do Queens, construída por John Bowne em 1661.

 

Bronx

Durante o século XX, o Bronx foi sinónimo de precariedade económica e crime. Com a entrada do novo milênio, a região deu um giro de 180º e se afastou desses conceitos.

O Bronx está separado de Manhattan pelo rio Harlem e é o único distrito de Nova York que está na parte continental do país.

Culturalmente falando, o Bronx é o berço do rap e do hip hop. Em suas ruas são faladas mais de 75 línguas diferentes, embora o inglês e o espanhol predominem.

As três visitas mais populares do Bronx são as seguintes:

  • Bronx Zoo: O zoológico do Bronx é o maior parque zoo dos Estados. Um dos aspectos que o tornam tão recomendável é a recriação do ambiente natural que ele oferece. Ao invés de jaulas, os animais estão separados por fossos e elementos naturais.
  • Estádio dos Yankees: Construída em 1923 e renovada em 1976, a casa do Yankees foi o primeiro campo de beisebol que, devido ao seu grande tamanho, foi chamado de estádio. Em 2008, uma nova construção 63% maior substituiu a original exatamente ao lado de onde estava instalada.
  • New York Botanical Garden: O paraíso dos amantes da jardinagem e o jardim botânico mais importante do estadode Nova York.

A melhor região para visitar é a mais próxima ao rio Hudson. O sudeste do Bronx continua amedrontador o suficiente para que a maioria das pessoas prefira evitá-lo.

Staten Island

Staten Island é o distrito mais meridional de Nova York e o mais desconhecido para o público em geral, a sua população é de menos de 50.000 pessoas, sendo o distrito menos populoso da cidade.

Para muitos turistas, a visita a Staten Island já fica compensada com o passeio de ferry, uma forma económica de ver o skyline de Manhattan de longe.

Até 1975, Staten Island foi chamada como o condado que ocupa, Richmond. Naquele ano,  decidiram mudar o nome para o original dado pelos holandesas quando a colonizaram.

Em Staten Island se conservam mais edifícios da época colonial que em qualquer outro lugar de Nova York.

Um dos lugares mais surpreendentes de Staten Island é Historic Richmond Town, um povoado rural restaurado onde se podem ver casas do século XVII.

Outro lugar que vale a pena destacar é o Fort Wadsworth, o forte defensivo que, desde a sua construção pelos holandeses no século XVII, serviu para proteger Nova York das incursões dos barcos inimigos.

 

Como chegar a Staten Island

A embarcação Staten Island Ferry conecta South Ferry em Manhattan com o St. George Ferry Terminal em Staten Island, de onde apanhar um autocarro aos diferentes pontos de interesse da ilha. O trajeto em ferry dura 25 minutos.

Se formos de carro, também é possível chegar a Staten Island pela ponte Brooklyn, atravessando a Ponte Verrazano Narrows, a ponte suspensa mais longa dos Estados Unidos.

A ponte foi chamada assim em homenagem a Giovanni da Verrazano, o primeiro europeu que avistou a ilha.

Ver mapa interactivo neste link, onde podemos planear a nossa viagem..aconselho uma visita, é uma ferramenta muito completa e bem conseguida.

Comentários

comments

Comentários:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.